IBN Coaching

procrastinacao_como_parar_de_procrastinar

Procrastinação: como solucionar?

Você sabe o que é procrastinação? E você já procrastinou pelo menos uma vez na sua vida?

Ou então, você conhece alguém que procrastina, que deixa para depois? Que você diz “vamos fazer”, e ela mesmo assim insiste em deixar para depois? Ou então, que começa algo e para no meio do caminho?

A procrastinação é um assunto muito importante para ser tratado. Ela gera nas pessoas um sentimento de incapacidade gigante.

Pois, quanto mais o ser humano procrastina, mais ele se sente incapaz. Faz sentido para você? Então, vamos falar um pouco sobre esse assunto. Siga na leitura.

homem e mulher vestido de maneira mais formal olhando para os celulares em suas mãos

Por que as pessoas procrastinam?

Existem alguns fatores que fazem as pessoas procrastinarem. Eles não se tratam de uma verdade absoluta, mas são os causadores na maioria das vezes:

1. Medo de fazer

Ocorre quando o indivíduo tem medo de tomar determinada atitude. Nesse caso, ele fica procrastinando pelo medo de falhar.

Aqui, a pessoa tem medo de começar e não conseguir concluir a tarefa que lhe foi atribuída. Ou então, de ser derrotada, de perder.

2. Crença de perda

Visualize a situação: você ama ler livros, mas ao perceber que sua leitura está chegando ao final, você a deixa de lado e parte para outro livro, e faz a mesma coisa. O máximo que você faz é procurar um resumo para entender de forma superficial o que aconteceu na obra.

Essa também é uma forma de procrastinar, uma vez que você sempre deixa essa leitura para depois. E o motivo disso, pode estar ligado à crença de perda.

Por algum motivo, você associa que quando algo está chegando ao fim, você precisa deixar de lado, pois o fim é algo doloroso para você.

Mulher de óculos com as mãos na cabeça e os ombros encostados na mesa com expressão de preocupação

Como solucionar a procrastinação

Existem algumas dicas que podem auxiliar você a resolver a procrastinação.

Para o caso do livro, por exemplo, você pode colocar um livro ao lado daquele que você está lendo, pois assim, você tem a sensação de continuidade. De que aquele livro não vai acabar.

Você pode seguir fazendo isso, para todos os livros.

Para as tarefas que você não começa, ou para no meio da execução, você pode subdividi-las em pequenas tarefas.

Dessa forma, você as terminará mais rápido.

Coloque para o seu cérebro essas pequenas tarefas. Isso vai lhe ajudar a diminuir a procrastinação, pois diminuirá o tamanho do afazer que você tem e também a sensação que você atribuiu para a conclusão dessa função.

Tudo que acontece na sua vida está ligado ao significado que você deu para o acontecimento, independente de qual ele tenha sido.

Gerencie suas emoções, não apenas o seu tempo

Muitas pessoas costumam esperar estar de bom humor para fazer algo, por exemplo. Mas essa é uma armadilha que pode levar à procrastinação.

Joseph Ferrari, professor de psicologia na Universidade DePaul, nos Estados Unidos, descobriu que o pensamento “não estou com humor para cumprir tal tarefa” pode levar a um ciclo vicioso.

Para parar de procrastinar, é preciso refletir sobre a real razão do adiamento de tarefas e recorrer a maneiras de gerenciar suas emoções.

A sugestão para isso é reformular a maneira que você enxerga o afazer e rotular o que você sente, para que você consiga lidar com as emoções que estão desencadeando essa situação.

Mulher recostada na cadeira com expressão feliz, sorrindo satisfeita por ter concluído suas tarefas.

5 dicas para tirar suas tarefas do papel

Aqui vão mais algumas dicas para você conseguir atingir seus objetivos e metas, sem procrastinar:

  1. Desmembre grandes metas em pequenas tarefas (submetas): ao invés de ter a meta de “ler um livro a cada mês”, estabeleça o número de páginas que você deve ler por dia;
  2. Faça uma lista de tarefas com no máximo três itens prioritários: só adicione mais tarefas quando terminar as que se propôs inicialmente. Esse exercício vai afiar seu senso de urgência e capacidade de priorização;
  3. Crie um sistema de recompensas: a cada tarefa concluída, dê-se cinco minutos para desfrutar de algo que você gosta;
  4. Faça uma coisa de cada vez: o que causa o sentimento de frustração é não concluir nada do que você começou. Portanto, embora fazer múltiplas tarefas pode parecer eficiente, na verdade, tem o efeito oposto;
  5. Remova distrações: deixe o celular longe de você e não cheque redes sociais nem joguinhos virtuais enquanto estiver realizando uma tarefa.

E o mais importante: comece já!

O conteúdo deste post também pode ser visualizado neste vídeo.

Se você quer saber mais sobre nossos conteúdos e como o coaching pode ajudar você, visite o canal do IBN Coaching no Youtube.

Lá você encontrará vídeos sobre outros assuntos, além de depoimentos de ex-alunos de nossos cursos.